Rios voadores

De onde vem a água que chega às torneiras das cidades no Sudeste brasileiro? O que explica a escassez que causou alarme nos últimos meses, num país renomado pela abundância de água doce? Sem a possibilidade de chegar a uma resposta simples e incontestável, aspectos diversos do assunto foram tratados na reportagem da Pesquisa FAPESP.

O pesquisador Antonio Donato Nobre, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), fala sobre a importância da Amazônia na formação de rios voadores que levam água para regiões distantes dentro do Brasil e nos países vizinhos. Seus depoimentos são essenciais para as reflexões da engenheira Monica Porto, da Escola Politécnica da USP, sobre a importância da chuva para abastecer os mananciais paulistas.

Esse vídeo é a primeira parte do documentário “Dança da Chuva”. A segunda parte – “Manancial subterrâneo” – pode ser conferida aqui.

Fonte: Pesquisa Fapesp